3/8/09

ESTUDIAN EL GUIONISTA DE DIOS... EN BRASIL COMO POSIBLE LIBRO DE TEXTO DE ESPAÑOL EN UNA UNIVERSIDAD


PROYECTO BELINDA


Análise do Conto argentino contemporâneo através de El Guionista de Díos...o Del Diablo? de Walter G. Greulach




1. Tema: pesquisar o livro de contos O Jornalista de Deus...ou do Diabo (El Guionista de Díos...o del Diablo, de Walter Gerardo Greulach, ainda inédito no Brasil, enquanto texto representativo do conto argentino contemporâneo.
2. Delimitação do tema: será investigada a temática contemporânea nos contos de Walter Greulach: a presença das novas tecnologias, da situação social da Argentina recente, assim como a forma narrativa predominante e o tipo de final, bastante característico, escolhido por Greulach para seus contos. Nos contos de Walter Greulach, pode-se dizer que é fortemente marcante o “turning point”, a reversão de expectativas, como no caso do final do conto “Terás Um Coral Em Sua Tumba”:

Cumprido um ano desde a fuga, não existia na remota ilha [de Aruba] uma família mais feliz que a dos Gómez, perdão, dos Ruibarba (...). Não, não se preocupe, o dinheiro não é o problema –agregou amavelmente a voz --, unicamente queria dar a você minhas sentidas condolências pela morte de Andréa. Soube que faleceu algumas horas atrás, de um golpe na cabeça. Pobrezinha, não deveria estar assim como sete meses de gravidez. Iam ser gêmeos, não? (GREULACH, 2008, p. 23)

Característica semelhante, comprovando a presença de um estilo, marca o conto Crônica de um Suicídio Assistido:

--Sempre Deus dá uma segunda oportunidade –assegurou com os olhos cheios de lágrimas no instante preciso em que um raio o matava, partindo-o literalmente em dois (GREULACH, 2008, p. 31).


O tema principal desse projeto é como a atualidade, tanto a realidade latino-americana quanto universal, se fez presente nesses contos publicados em 2008. Os contos de Greulach, por sua simplicidade e fluência, que possibilitam pelo leitor brasileiro, podem ser utilizados como leitura suporte para aulas de espanhol.3. Justificativa: a literatura argentina contemporânea não é bem conhecida no Brasil. A tendência é que o grande público tenha acesso somente aos escritores argentinos já consagrados não só na Argentina, mas internacionalmente, especialmente aqueles já bem sucedidos e reconhecidos na Espanha e traduzidos para o inglês. Enfim, em geral, quando o público brasileiro conhece um escritor, ele já foi efetivamente lido, aceito pelo mercado e por um público fora do Brasil, além de possuir alguma bibliografia a respeito, em revistas universitárias ou jornais. Walter Greulach ainda é pouco estudado até mesmo em seu próprio país.


RESEÑA DEL LIBRO: ¿Qué pasaría si los acontecimientos que suceden frente a nuestros ojos estuvieran predeterminados, y no fueran producto del azar o de nuestras decisiones? Que el final de todas las vidas se encontrase asentado en un trozo de papel, escrito no por un Dios, sino por un simple mortal. Esta es la asombrosa revelación que se le presenta al escritor Hugo Uribarri en este primer trabajo de Walter Greulach.

El guionista de Dios…¿o del Diablo? es un original libro de cuentos interactivos.

"No sé si es el Altísimo o Satanás quien guía mi mano…" (Mundo Anuncio, 2009)

Vale, no entanto, investigar um autor recente e ainda sem recepção no Brasil, e que lançou um livro ainda inédito em português: El Guionista de Díos...O del Diablo? Livro de estréia de contos do jornalista argentino Walter G. Greulach publicado em 2008 pela editora Arte & Parte. Fora isso, é possível ter contato direto com o autor em seu blog (http://waltergreulach.blogspot.com).

Objetivo: identificar a estrutura do conto e as tendências do conto argentino contemporâneo através de um livro de contos publicado em 2008.

4. Objetivos gerais:

Identificar as tendências representadas nos contos;

Comentar a temática que existe entre eles, assim como a visão de sociedade que os permeia.
Pesquisar a estrutura que os torna contos, ou seja, “short stories” e pequenas narrativas.
Explicar, através de passagens dos contos, como Walter G. Greulach. introduz seus personagens, desenvolve suas trajetórias e conclui os pequenos contos.
Investigar como a publicação dos textos no formato blog é recebida.
Estudar a inserção de comentários sobre a situação social e política da Argentina contemporânea nesses contos.

5. Fundamentação Teórica

Com base no referencial teórico da teoria da literatura, ferramentas teóricas que possibilitem estudar os referidos contos: sua estrutura, temática, as tendências que apresentam, estilo, conteúdo, dentre outros assuntos.
Em primeiro, o que é conto? O conto será definido como a narrativa curta. Será deixado de lado aquela definição de Mário de Andrade: “ conto é tudo o que o autor chamar de conto”: a teoria seguida aqui não será a da “morte do autor”, mas o foco aqui não será o autor empírico presente nas biografias e sim o livro de contos de Walter Greulach estudado enquanto representativo da literatura argentina contemporânea.

A literatura argentina contemporânea ainda é em geral ofuscada pelos dois autores mais famosos ligados a ela: Jorge Luis Borges e Julio Cortazar. Além da análise desses dois autores, o que se escreve e estuda sobre a literatura e a arte argentinas estão em geral ligadas aos romances, contos e poemas escritos como forma de resistência, registro ou memória do período do regime militar argentino, que durou, de forma intermitente, de 1966-83 e que foi bastante diferente do Brasil devido à guerra declarada entre a guerrilha de esquerda e as forças da repressão.
Depois do fim do regime militar no início dos anos 80, surge toda uma nova problemática: a sociedade de consumo, o pós-modernismo, a Aids, a dificuldade de lidar com a memória de um período repressivo, o conflito entre a geração que viveu o regime militar e a guerrilha de esquerda e os filhos, já nascidos e crescidos no regime democrático, a questão da vivência do exílio político.

Além das questões de tema e conteúdo acima abordadas, os contos serão também analisados com o instrumental narratológico. Por exemplo: quem narra? Como se posiciona esse narrador? Como são os demais focalizadores internos, ou seja, quando é que narrador dá a palavra a seus interlocutores, os focalizadores internos? O narrador é do tipo onisciente ou é um dos personagens da narrativa, na maioria dos contos? Quais são os elementos que unificam o livro de contos de Greulach, que conforma sua unidade estilística e conteudística, ou eles não existem? Todas essas questão serão abordadas com auxílio da teorização do texto Narratologia, de Mieke Bal.

8 comentarios:

GERARDWALT dijo...

Estoy gratamente sorprendido por este informe que me llegó desde el pais hermano. Quiero agradecer mas que nada el invaluable apoyo que siempre me ha brindado mi amigo
Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior

©Claudia Isabel dijo...

Increíble!!!
La vida nos sorprende gratamente cuando menos lo esperamos. Felicitaciones!!!

Juan Carlos Eberhardt dijo...

felicitaciones , te lo mereces (pensar que yo lo tengo en casa )
un gran abrazo, que sigan los exitos

Penetralia dijo...

Oi, Walter.

Você é que tem sorte: está na mesma cidade que o maestro! Morro de inveja!

Vc tem que escrever outro texto: como reconheci um certo Gerald!

Estou preparando uma resenha (review) do livro tb. Aguarde.

Abs do Lúcio Jr.

Revista Cidade do Sol dijo...

Uma notícia do blog do Guzik (inspiração para vc):

Un joven de 19 años que fue arrestado por estar caminando sin rumbo por una autopista en la frontera de Nevada, totalmente desnudo. Uno de los conductores que pasaba por ahi le avisó a la policía, que lo intentó detener. Pero el joven, de nombre Sean Stanley, se escapó hacia un casino cercano, donde fue inmovilizado con un arma de electrochoque y detenido por la policía (en frente de un grupo de niños). Smith asegura ser un Terminator enviado desde el futuro (en referencia a las películas del mismo nombre, donde los cyborgs que son enviados al pasado se materializan totalmente desnudos)… Luego se comprobó que el joven no era un Terminator, si no que estaba bajo los efectos del LSD. Bien hecho Sean!

Penetralia dijo...

Oi, Walter. Eu adoraria e reproduziria no meu blog se vc escrevesse tb sobre esse novo encontro com Gerald na Starsbucks!

Como eu reconheci um certo Gerald...q tal?

Abs do Lúcio Jr.

Penetralia dijo...

Gerald: fiz sua comunidade no Orkut para divulgar o livro:

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=92981699

Entre lá e confira.

Abs do Lúcio Jr.

GERARDWALT dijo...

Gracias Lucio por inagurar una comunidad sobre El guionista... en Orkut.
Un abrazo amigazo. Despues subo algo sobre Gerald en Miami. Cuidate, con respeto W.G.G